Agosto - 21 - Segunda

Assim diz o Senhor... Não temas, porque eu te remi... Quando passares pelas águas estarei contigo... quando passares pelo fogo, não te queimarás... Porque eu sou o Senhor teu Deus... teu Salvador
Isaías 43:1-3

NÃO TEMAS

É marcante como esses versículos revelam a plenitude do coração de Deus! É maravilhoso ver que o nosso Pai começa com as palavras: “Não temas!”, pois elas nos lembram da afeição demonstrada quando uma criança está em perigo ou medo, ou quando nossos amigos procuram nos acalmar e fazer sossegar nossos receios.
Nesse aglomerado de preciosas promessas excessivamente grandes, “eu te remi” parece ser o pensamento fundamental de conforto. Nenhuma outra bênção poderia ser nossa não fosse tal amor redentor. A longa corrente de pensamentos preciosos tem essas duas palavras como sustento: “Redentor” e “Salvador”. Entretanto, Deus nos adverte por meio dos diversos símbolos aqui empregados, que as provas de Seu povo são sempre variadas bem como severas: águas, fogo e outros. Contudo, nós podemos nos levantar acima disso tudo, conscientes do princípio ao fim, que estamos nas mãos dAquele que morreu por nós. Deus não é o autor dos nossos problemas, mas Ele mesmo está no meio deles e Seus pensamentos estão em nós à medida que passamos pelas águas e caminhamos através do fogo. Ele está consciente o tempo todo quanto a tudo que nos atinge e Ele está disposto e é capaz de nos garantir a assistência e o apoio que nenhum outro pode oferecer.
Mais do que isso — Ele tem estabelecido limites para nossas provações. Os rios e os córregos irão purificar, mas não nos afogar e o fogo irá refinar sem chamuscar ou queimar. Ele tem um interesse muito profundo em nós para permitir nossas aflições irem além do que Ele sabe que é absolutamente necessário. E Seus braços eternos estão por baixo de nós, mesmo nas mais profundas e escuras ondas.